CMAHO se despede de exposições e debate os últimos carnavais no próximo dia 30 de março

Além das mesas de debate, espaço também recebe outras atividades.


Buscando sempre promover o diálogo e a discussão sobre o maior espetáculo da terra, teremos debates sobre os temas que se destacaram ao atravessar o solo sagrado da Marquês de Sapucaí nos últimos anos. Instigando artistas, teóricos e jornalistas da festa sobre os rumos das narrativas nos últimos anos, temos em vista estabelecer saudáveis rodas de conversa costurando como foram pensados esses enredos e em quais visões da festa e do nosso país se basearam os carnavalescos.

Programação:

Mesa 1: "O rei que bordou o mundo e a alma das coisas: as premiadas poéticas carnavalescas da Série A" (das 14 às 16h)

Aproveitando o encerramento de "O rei que bordou o mundo", exposição organizada por nós no primeiro andar do Helio Oiticica, falaremos do surgimento de novos talentos na Séria A dos desfiles. A primeira mesa reúne, portanto, os carnavalescos Leonardo Bora e Gabriel Haddad para revelar o processo criativo de seus dois desfiles à frente da Acadêmicos do Cubango em 2017 e 2018, ambos premiados pelo júri do Estandarte de Ouro.

Convidados: Leonardo Bora​ e Gabriel Haddad​ (ex-carnavalescos do Acadêmicos do Cubango, atualmente na Acadêmicos do Grande Rio), Felipe Ferreira​ (pesquisador, professor e escritor) e Luiz Antonio Simas​ (escritor, professor e historiador), mediação de Leonardo Bruno​ (jornalista e escritor).


Mesa 2: "Crítica e política - novos artistas e novos olhares sobre a festa" (das 16h às 18h)

A segunda mesa reúne jovens carnavalescos que se destacaram nos últimos anos e busca pensar como as narrativas críticas voltaram à pauta nos últimos carnavais. Reunindo ainda teóricos que buscam costurar como esses artistas apresentaram suas visões da festa e do país. Além disso, convidamos um julgador de enredo do grupo Especial, buscando entender o que ele, como quem avalia todo esse trabalho, espera dos carnavalescos e pesquisadores que elaboram o enredo e também qual a importância que ele enxerga no enredo para a construção de um carnaval.

Convidados: Leandro Vieira​ (carnavalesco da Mangueira), Jorge Silveira​ (carnavalesco da São Clemente), Fábio Fabato​ (escritor e jornalista) e Marcelo Figueira (julgador de enredo do carnaval carioca), mediação de Leonardo Antan​ (historiador e escritor)

Horário: 14h às 18h Data:30.03 Local: Auditório Espaço sujeito à lotação.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica

Rua Luis de Camões 68, Praça Tiradentes - Rio de Janeiro

Contato

  • Preto Ícone Facebook
  • Instagram ícone social