Exposições: CMAHO recebe 4 grandes aberturas em abril

Diversos eixos temáticos e grandes obras ocupam o espaço a partir do dia 06.04


Com inauguração de obras e exposições que abordam diversos eixos temáticos, o CMAHO recebe a abertura de 4 grandes exposições e outras atividades em um sábado que conta com a promessa de um grande público. Confira a programação:

Ìtàn: Associando a palavra nagô que designa o conjunto de mitos, cantigas, histórias e recitações da cultura Iorubá, ÌTÀN Narrativas do Corpo Negro remonta as histórias ancestrais dos orixás de candomblé de Ketu através de relações corporais entre 30 artistas negros. No próximo dia 06.04 tem a abertura da exposição e performance do projeto que viabiliza o estudo do corpo negro e sua ancestralidade através da arte. Horário: 14h às 18h Data: 06.04 Local: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica Espaço sujeito à lotação.

Ruptura do Invisível: Ruptura do Invisível é o projeto nascido a partir do singelo e enorme objetivo de plantar algumas interrogações no pensamento dos indivíduos e da sociedade: afinal, porque não falamos francamente de racismo no Brasil? O que não se deseja olhar? É mais fácil deixar os negros como coadjuvantes, serviçais ou os bandidos da sociedade? É dessa forma que a exposição se faz em um pequeno diálogo sobre homens, cor da pele, e construção desse domínio invisível onde só existem dois lados: opressores e oprimidos.


Horário: 14h às 18h Data: 06.04 Local: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica Espaço sujeito à lotação.

Trovoa: ­­Após um período de residência no #AgaÓ, o grupo Trovoa apresenta a exposição Noite e convida as participantes dos Chás de Verão Trovoa, promovidos pelo grupo durante a residência, para mostrar a potencialidade e a pluralidade da produção feminina de corpos racializados. A exposição tem inauguração confirmada para o próximo dia 06.04.


Horário: 14h às 18h Data: 06.04 Local: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica Espaço sujeito à lotação. Onde está o Hélio?: Nascido do desejo de abordar as contradições da cidade do Rio de Janeiro, “Onde está o Hélio?” é um espetáculo de criação colaborativa do Coletivo Zume que evidencia através da lógica carnavalesca e do riso a história, a divisão e as tensões de se viver numa cidade tão paradoxal como o Rio de Janeiro. No próximo dia 06.04 eles iniciam uma série de atividades por aqui.

Horário: 12h Data: 06.04 Local: Concentração na Praça Tiradentes e Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica Espaço sujeito à lotação.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica

Rua Luis de Camões 68, Praça Tiradentes - Rio de Janeiro

Contato

  • Preto Ícone Facebook
  • Instagram ícone social