Fevereiro – Exposições Programação Geral

Atualizado: 11 de Fev de 2019


Abrindo a pré temporada de exposições, em fevereiro o CMAHO realiza a abertura de três grandes exposições com a temática de carnaval. De Rosa Magalhães à análise das poéticas carnavalescas apresentadas pela Acadêmicos do Cubango e chegando finalmente a celebração do carnaval de rua, o CMAHO traz a temática da festa profana para ocupar cada um dos espaços livres. Confira a programação do próximo dia 08.02, abertura oficial:

O Rei que Bordou o Mundo: Poéticas Carnavalescas na Acadêmicos do Cubango

A exposição "O rei que bordou o mundo: poéticas carnavalescas da Acadêmicos da Cubango" revela o processo criativo por trás do desfile que homenageou Bispo do Rosário em 2018. Reunindo diferentes objetos e vestígios que orbitaram a produção da apresentação carnavalesca, entre desenhos, figurinos e adereços, que revelam a habilidosa reinvenção do universo do artista na linguagem de uma escola de samba pelos carnavalescos Leonardo Bora e Gabriel Haddad.


Data: 08 de fevereiro a 30 de Março Dias de funcionamento: segunda a sábado Horário de funcionamento: 12h às 18h Classificação: Livre


Uma Delirante Celebração Carnavalesca: o Legado de Rosa Magalhães


A exposição "Uma delirante celebração carnavalesca: o legado de Rosa Magalhães" presta uma justa homenagem a carreira de uma das maiores carnavalescas das últimas décadas: Rosa Magalhães. Reunindo um time diverso de artistas das mais diferentes áreas, entre o carnaval e as artes institucionalizadas, que pensam a importância e a personalidade do universo artístico construindo pela carnavalesca em seus desfiles ao longe de mais de trinta anos de carreira e sete títulos conquistados. Data: 08 de fevereiro a 27 de abril Dias de funcionamento: segunda a sábado Horário de funcionamento: 12h às 18h Classificação: Livre

Exposição – Folia de Imagens

Iniciado em 2013, o projeto Folia de Imagens foi elaborado e desenvolvido de maneira independente por fotógrafos, em sua maioria oriundos de favelas e territórios periféricos, formados pela Escola de Fotógrafos Populares (Observatório de Favelas) com o objetivo de documentar as manifestações culturais ligadas ao carnaval e outras festas populares em favelas, periferias, subúrbios e vários bairros do Rio de Janeiro e também em outros estados.

O projeto surgiu da necessidade de registro e preservação da cultura brasileira e de democratização ao acesso a esse acervo produzido em um banco de imagens. Tem como imperativo o reconhecimento, incentivo e preservação de memória, pois entende essas festas como instrumentos na construção das identidades culturais e no fortalecimento dos laços de solidariedade e de pertencimento do povo brasileiro.

Data: 08 de fevereiro a 30 de Março Dias de funcionamento: segunda a sábado Horário de funcionamento: 12h às 18h Classificação: Livre

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica

Rua Luis de Camões 68, Praça Tiradentes - Rio de Janeiro

Contato

  • Preto Ícone Facebook
  • Instagram ícone social